Seu Canal de Notícias no Cone Sul de Rondônia

Seu Canal de Notícias no Cone Sul de Rondônia

Pages

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

SEMÁFORO IRREGULAR GERA NOVA CONFUSÃO EM ROLIM

Instalados em Rolim de Moura há um ano, a função dos semáforos deveria ser a de fazer o trânsito fluir, mas nos últimos dias um dos três cruzamentos que contam com o aparato de segurança não tem sido contemplado com seu objetivo. O semáforo arrancado da Avenida 25 de Agosto, que conduzia o trânsito da Rua Guaporé, tem causado um grande tumulto aos condutores e pedestres, sendo motivo de muita reclamação.
Assim como ocorreu com um dos aparelhos da Rua Corumbiara em novembro do ano passado, novamente a cidade enfrenta um problema com a ausência de um dos aparelhos semafóricos. Alguns servidores da Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comtran) negaram a versão de furto que tem sido divulgada por outros servidores da prefeitura, informando ao Diário que o mesmo teria sido danificado após um caminhão ter enroscado a carroceria na fiação, sendo necessária a retirada do mesmo para uma perícia técnica.
Com a falta do semáforo de indicação aos condutores da Rua Guaporé e a permanência dos demais semáforos do cruzamento em funcionamento, a travessia tem sido arriscada por conta da grande circulação de veículos.
Segundo o vendedor Cleber Ramos, que circula de motocicleta com frequência pelas ruas da região central da cidade, uma solução emergente seria o desligamento das outras sinalizações do local, para evitar um possível acidente de trânsito. “Ficaria mais fácil porque os condutores se baseariam no tráfego da Avenida principal, a 25 de Agosto, haja vista que da atual forma é totalmente arriscado sair da Guaporé para entrar na 25”, declarou.
A reclamação é constante, assim como a confusão, principalmente quando os condutores são de outra cidade. O motorista José Batista, que dirige para uma transportadora de São Paulo, foi um dos condutores que ficou confuso ao se deparar com a situação e só seguiu com o veículo após alguns populares informar que o semáforo tinha sido arrancado. “Fiquei procurando pelo sinal, mas só via o aparelho dos pedestres. Que desordem!”, ressaltou. O problema fica ainda maior durante horários de pico, agravando as dificuldades.
O diretor da Comtran, Alci Sabará da Silva, não foi encontrado para prestar esclarecimentos sobre as providências do município para evitar possíveis acidentes no local. Nenhum dos servidores que estavam no departamento soube explicar quando a situação será resolvida.
Fabiana Cortez/ Diário da Amazônia/ Rolim de Moura

2 comentários:

Deyvit Carvalho disse...

alem da falta de simcronia entre os semáfaros, que prejudica e atrasa a vida dos moradpres de Rolim de moura

Deyvit Carvalho disse...

alem da falta de simcronia entre os semáfaros, que prejudica e atrasa a vida dos moradpres de Rolim de moura

Postar um comentário